Negócio Online

Começar um negócio online não é fácil, principalmente quando se tem pouco conhecimento sobre o assunto e se está começando do zero absoluto. 

Nesse artigo queremos te ajudar! Listamos os 10 maiores erros que iniciantes cometem ao criar um negócio online.

Todos possuem suas próprias razões para iniciar um negócio online. Você pode estar descontente com o seu trabalho atual e decidiu buscar uma nova profissão ou só está buscando uma renda extra no final do mês. Independente da sua razão pessoal, uma coisa eu posso te garantir: “Sim é possível ganhar dinheiro na internet!. Mesmo quando você ainda está no comecinho.

Muitas vezes saber o que NÃO fazer é parte importante desse processo, já que existem milhares de maneiras de ganhar dinheiro na internet.

Não cometer alguns erros no início da sua jornada irá te ajudar e muito! Confere a nossa lista aí:

1 – Não ter um bom planejamento inicial

Negócio Online de Sucesso

Você não precisa de nada muito profissional para começar. Entretanto, ter pelo menos um bom planejamento do seu negócio online te ajudará muito a não perder o foco e a manter suas tarefas organizadas.

Dessa forma você foca no que é realmente importante para seu negócio online crescer.

Ter um nicho bem definido e um bom plano de ação, são os primeiros passos que você deve tomar para direcionar o caminho a ser seguido na criação do seu negócio online.

Nós investimos e compramos o curso Fórmula Negócio Online para nos ajudar a começar esse nosso novo projeto da maneira correta, do zero! E isso foi o que realmente nos ajudou a criar um plano de ação, estruturando o nosso negócio, e a conseguir alcançar bons resultados em um período de tempo relativamente curto.

No caso desse nosso projeto online, por exemplo, ter tido um bom plano de ação quando iniciamos foi crucial para tudo ter entrado nos eixos tão rapidamente.

Aqui no Eu Aprendi Na Internet, usamos a ferramenta Trello para programar nossas atividades do mês e distribuir nossas tarefas. Dessa maneira, temos o controle das coisas que precisam ser feitas, das que já estão em andamento e das que já finalizamos. 

O Trello é uma ferramenta gratuita e ótima para organizar diversos tipos de atividades, seja seu negócio um blog, um canal do Youtube, venda de serviços ou marketing digital. Ela realmente se encaixa para tudo!

2 – Focar demais em coisas pequenas

Tire o Seu Negócio Online do Papel

Foque em tirar sua ideia do papel!

Um dos maiores erros é perder tempo focando em detalhes que não fazem tanta diferença no começo. Não perca tempo demais em seu logo, no design do seu cartão de visitas ou até mesmo no layout de seu site.

Claro que todos esses detalhes também possuem a sua importância. Mas entenda que o seu negócio não precisa estar 100% pronto com todos esses pequenos detalhes para ser tirado do papel e começar a funcionar. 

Foque no básico que você precisa para iniciar e conforme o tempo for passando, você vai achando a identidade da sua marca naturalmente. 

De início a dica é: tenha um site, um blog ou um canal no Youtube para começar a produzir conteúdo. Quanto mais conteúdo você produzir, mais pessoas vão te encontrar e consequentemente você começará a criar o seu próprio público.

Um negócio online sem um público, não é um negócio!

3 – Não ter consistência

Planejamento de Conteúdo

Se você está produzindo conteúdos, é essencial que você tenha consistência nas suas postagens.

Gerar conteúdo de valor para alavancar o seu negócio e consequentemente as suas vendas, não é fácil.

No começo os resultados vão ser pequenos, mas é essencial manter um cronograma e criar uma pauta de conteúdos para que seu negócio online não faça parte das estatísticas dos que não vão pra frente.

Faça um bom uso de seu planejamento e organize as suas postagens!

Dessa forma, o seu negócio fica “vivo” para os algoritmos de busca, o que te ajudará muito a criar uma autoridade e a melhorar a qualidade do seu SEO.

A falta de consistência é sem sombra de dúvidas o que mais mata negócios online na internet. 

4 – Não controlar o que entra e o que sai de dinheiro

Planejamento Financeiro

Todo tipo de negócio, seja online ou não, precisa de um capital a ser investido. A melhor parte de se criar um negócio online é que os gastos iniciais são baixíssimos. Você não precisará se preocupar com o aluguel do seu estabelecimento ou com salário de funcionários, por exemplo. 

Tenha em mente que para começar um negócio online você vai precisar gastar inicialmente com a hospedagem de seu site ou blog, conta de luz e a internet.

Mesmo que pareça pouco, anote tudo que você gasta para manter seu negócio funcionando. Dessa forma, fica mais fácil saber quanto você precisa que seu negócio lucre para pagar as suas contas e ainda sobrar dinheiro para investir nele.

No começo é muito importante que ao terminar de pagar as suas contas, você reinvista o que sobrou no seu negócio, pelo menos nos 3 primeiros meses. Depois, esse valor pode mudar para 30% do total do lucro.

Considere fazer melhorias! Invista em temas pagos para o seu site, melhore o serviço de hospedagem, adquira ferramentas pagas com mais funcionalidades, como por exemplo uma ferramenta de email marketing. “Nós indicamos a Leadlovers, que é a melhor e mais completa ferramenta desse ramo no mercado hoje!

Não se preocupe em gastar com anúncios nessa fase inicial, já que é possível ter uma quantidade absurda de tráfego orgânico (tráfego grátis) utilizando as plataformas e estratégias certas. Veja a nossa estratégia para tráfego orgânico que nos faz vender todos os dias.

5 – Não se preocupar com as redes sociais

Redes sociais não são boas apenas para compartilhar vídeos de gatinhos fofos ou as fotos das suas últimas férias.

Plataformas como Facebook, Instagram, Youtube e Pinterest são ótimas ferramentas para construir a autoridade do seu negócio e te transformar em uma referência para o seu nicho.

A dica aqui é: foque em apenas duas redes sociais no início. Produza diariamente conteúdo de valor para seus seguidores, isso vai criar uma empatia do seu público com você, o que facilitará muito no momento em que você for oferecer algum produto seu a eles.

No nosso caso, decidimos focar no Pinterest para construir autoridade e mandar tráfego orgânico de qualidade para os nossos links. Como os nosso resultados foram tão bons, criamos um material completo, onde contamos toda a estratégia que utilizamos no Pinterest e como você pode replicá-la para atingir os mesmos resultados (1 milhão visitantes mensais no nosso perfil).

6 – Achar que a mesma estratégia funciona em todos os lugares

Estratégias de Marketing Digital

Um dos maiores erros é achar que o que você faz no Facebook vai funcionar no Instagram, ou o que você faz em seu blog vai funcionar no Pinterest

Cada plataforma possui um tipo de conteúdo que performa melhor.

Mas isso não significa que você tenha que criar um conteúdo exclusivo e diferente para cada uma dessas plataformas. Muito pelo contrário, você pode aproveitar um mesmo conteúdo e distribuir em todas elas em formatos diferentes.

Quando escrever um artigo em seu blog, esse mesmo artigo pode virar alguns posts no seu Instagram ou vários pins no Pinterest.

Por exemplo, esse artigo que você está lendo agora, poderia se transformar em 10 posts para o Instagram. Um para cada item dessa lista!

No Pinterest podemos usar o tamanho correto de imagem que melhor funciona por lá e fazer dezenas de chamadas diferentes para esse link, trazendo milhares de usuários para lerem esse nosso artigo. 

No Facebook, atualmente o que melhor performa são vídeos, ou seja, nós poderíamos fazer um vídeo com o conteúdo desse artigo e compartilhar-lo no Facebook e no nosso canal do Youtube.

Com esses exemplos todos você já percebeu que um pedaço de conteúdo do seu blog ou site pode se tornar vários outros conteúdos em diferentes formatos nas outras plataformas e vice e versa. Você só precisa saber transformar e aprender a multiplicar esse conteúdo em outros formatos.

7 – Ignorar a interação com o usuário

Interação do Usuário

Interagir nas suas redes sociais é essencial para que as pessoas saibam que você é um produtor de conteúdo ativo, um empreendedor autoridade no assunto ou alguém que está sempre ali para ajudar.

As pessoas gastam dinheiro na internet por dois motivos: Para sentir “prazer” ou para solucionar alguma “dor”.

Esse “prazer” pode ser adquirido no momento em que elas compram algo. Por exemplo, um novo videogame, uma tv ou até mesmo um presente para alguém.

E essa “dor” seria algum problema que elas estão passando no momento e buscam a solução na internet. Por exemplo, como perder peso, como ganhar dinheiro em casa, um serviço para ajudá-las em algo e por aí vai. 

Interagir com essas pessoas é o que mantêm o seu negócio vivo e faz com que o algoritmo das plataformas de redes sociais ou do Google, entendam que você é um usuário ativo, que produz conteúdo de qualidade e que interage com os seus usuários a todo momento.

8 – Querer ganhar dinheiro sem oferecer algo em troca

Na internet podemos ganhar dinheiro com publicidade ou vendendo produtos e serviços.

Mas tenha em mente que é muito difícil alguém comprar um produto que você está oferecendo se você está ali só tentando vender, sem produzir nenhum conteúdo de valor em troca.

A palavra da vez é Conteúdo de Valor!

Se você tem um blog de receitas, por exemplo, e quer vender um curso que ensina a fazer receitas para quem quer perder peso, antes de tudo, você precisa produzir conteúdo gratuito e de qualidade, para que o seu público passe a confiar em você e então compre o produto que você está oferecendo.

É muito mais provável que as pessoas comprem um produto seu quando elas já sabem que o seu conteúdo gratuito é de qualidade e que você entende do assunto. Isso faz com que elas pensem:“Se o conteúdo gratuito desse produtor já é bom, imagina o pago”

Então, mão na massa! Escreva artigos, grave vídeos, faça posts relevantes em suas redes sociais e quando menos esperar, estará vendendo para o seu público.

9 – Não se preocupar com a imagem do seu negócio

Design do Seu Site

No começo desse artigo eu falo que você não deve perder tempo com detalhes inicialmente e que deve tirar sua ideia do papel e focar no que é realmente importante.

Mas assim que o seu projeto estiver funcionando e na direção certa, está na hora de se preocupar com a imagem que você passa do seu negócio.

Aqui o foco está no design de seu negócio online

  • Você está usando uma paleta de cores chamativa? 
  • Seu logo passa uma mensagem correta sobre do que se trata seu negócio? 
  • O tema que você utiliza para seu blog ou site é atraente, fácil de navegar e fornece uma boa experiência para o usuário? 

Vá ajustando esses detalhes pouco a pouco para que você tenha um negócio online chamativo e convidativo para os seus usuários e clientes.

10 –  Não dar a devida atenção ao tráfego que seu negócio recebe

Do que adianta você produzir artigos bem escritos ou vídeos bem gravados, se as pessoas não conseguem te achar?

Se você está iniciando um negócio online provavelmente ainda não tem dinheiro para investir em anúncios pagos para divulgar seu projeto. E sinceramente, não achamos que esse seja o caminho.

Na internet temos dois tipos de tráfego:

  • Tráfego pago: que é gerado através de anúncios.
  • Tráfego orgânico: que é gerado através de buscas em plataformas como o Google, redes sociais, Youtube e etc. Tudo de maneira gratuita.

As pessoas que te encontram através do tráfego orgânico, geralmente vão para alguma página sua porque em algum momento fizeram uma pesquisa (para satisfazer um prazer ou para “curar” uma dor) e encontraram a resposta em um de seus conteúdos.

Essa é a melhor parte de como o tráfego orgânico funciona, pois esses usuários já estão buscando por algo que você está oferecendo e dependendo do conteúdo que você criou ou do produto que você promove elas já possuirão uma predisposição para comprar.

Google Analytics

No nosso caso, 90% do tráfego orgânico do blog vem do Pinterest. Sempre postamos na plataforma imagens chamativas e que estão linkadas diretamente para as nossas páginas. 

Fazemos postagens no Pinterest relacionadas aos nossos artigos e caso a pessoa se interesse pela foto ou pela descrição dos nossos pins, ela clicará e será direcionada para o link que configuramos na postagem. 

Sabemos que o conceito parece fácil, mas foi preciso muito mais que isso para alcançar 1 milhão visitantes mensais em nosso perfil na plataforma. Caso queira saber mais sobre a estratégia que utilizamos e que estamos aperfeiçoando pelos últimos dois anos, dá uma olhada nesse link que te contamos mais por lá: E-book Especialista em Tráfego Pinterest.

Esperamos que depois de ler essa lista você não cometa esses erros e possa iniciar com o pé direito seu negócio online

A internet permite que milhões de pessoas ao redor do mundo ganhem dinheiro e estamos aqui para te ajudar a chegar mais perto dessa realidade!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.